segunda-feira, 12 de novembro de 2012

De repente, 16!

Ontem foi aniversário do meu pequeno (cof cof cof).
 
Até os 10 eram fofurices...
Dos 11 aos 13, descobertas...
Dos 14 aos 15 estresses, preocupações...
O que será que me aguarda neste próximo ano???
 
____________________________________________________
 
10/11
 
- Gabriel, o que você quer fazer amanhã, no seu aniversário?
- não sei.
- Então se não pensar em nada a gente vai jogar boliche.
- não quero.
 
11/11
 
- O que acha de irmos ao Pico do Jaraguá ou no Mercado Municipal, no parque?
- não.
- pra Embu das Artes?
- não.
- então se troca AGORA que a gente vai andar até o Zoológico.
Na volta...
- e agora, o que você quer fazer?
- ir ao shopping.
E lá fomos nós enfrentar a muvuca dominical de um shopping.
- quer dar uma volta?
- não.
- o que você tem, está bravo?
- não.
 
Seu primeiro dia de 16 foram praticamente 12 horas de bico, um bico lindo, fato, mas difícil de qualquer mãe entender.
 
E pra quebrar o gelo cantamos parabéns com cupcakes.
E no carro pedimos pra ele escolher um número de 0 a 5...e cantamos parabéns de novo.
Depois de 0 a 10 e mais um parabéns.
Entre resmungos ele ria...
 
A gente continua amando e torcendo, aproveitando e se preocupando. Alguns mais, outros menos mas todos sempre!
 
Que Deus continue te protegendo, todos os dias, filho.
Endireitando seus caminhos.
Te mostrando a verdade.
Acalmando sua respiração.
Te dando paciência.
Te ensinando a confiar, a esperar.
Abrindo seus olhos e os olhos do seu coração.
 
E eu? Estarei sempre aqui.
Pois você é o que de melhor eu tenho,
Tudo pra mim!
 
"It's you, it's you, you make me sing
You're every line, you're every word, you're everything"
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário