segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Simplesmente Feliz!

Hoje o meu menino iniciou o


Ele já não é mais criança faz tempo, mas hoje, pra mim, ele cresceu ainda mais.

Acho que eu sinto isso porque é a primeira época que tenho clara em mente, me lembro de muitos momentos.
O fato é de que ele já é quase um adulto, já pode (e faz questão) até votar.

Se a nossa diferença de idade de 20 anos sempre foi pequena, hoje ela é ainda menor.

Maior? Só a preocupação e a responsabilidade, a minha e a dele!

Me sinto feliz. Feliz porque ele optou por um colegial técnico. Eu realmente acho que isso vai ajudá-lo agora e sempre. Eu gostaria de ter tido essa luz lá atrás, queria mesmo.

Estou feliz porque estou confiante no novo colégio dele. A proposta e as oportunidades são enormes. Espero que ele aproveite uma a uma e faça jus aos inúmeros centavos gastos vindos de muita abdicação e suor.

Estou feliz porque converso, sempre conversei, muito com ele. Tento de todas as maneiras mostrar como as decisões e posições de hoje, estão diretamente ligadas com o seu futuro e não é nenhum pouquinho fácil falar de futuro, de 5, 10 anos a frente. Ele é moleque de tudo, pensa e age, como muitos adolescentes, como se não houvesse amanhã. Mas nós, já crescidos, sabemos que não é bem assim. E eu, como mãe, tenho a obrigação de falar 1, 2, 3 vezes, aguentando a cara (muito) feia dele ou não. Sim, é difícil pra caramba, muitas vezes beira o impossível e eu? Tô nem aí. Esquece o bico do menino, pede pra ele olhar no seu olho, e repete e repete!!

Inclusive eu já falei pra ele se preparar que esse ano vai ser estressante, eu sei. Parece que vejo o futuro: uma vez por semana, no mínimo, vou ter que lembrá-lo que ele está na escola pra estudar; que a proposta dele ter ido pra aquela escola foi outra; que o nosso combinado foi o comprometimento da parte dele e da minha, um gasto maior. Sim, ele sabe exatamente quanto estou pagando pela mensalidade daquela escola e sabe também que não será fácil pra mim. E sabe ainda, porque sempre deixei bem claro, que estou investindo no futuro dele e pra ele. Já enumerei as possíveis oportunidades e as portas que podem, E SERÃO abertas. Sempre, pensando no melhor.

E sempre deixei muito claro que, hoje ele pode não entender do porque das coisas, das chatices, das caretisses, dos estresses, das cobranças, mas um dia, ele vai entender e melhor, agradecer por tudo. E só por isso basta.

Obrigada Senhor por me tornar consciente da minha responsabilidade como mãe. Obrigada pelo meu emprego que me proporciona fazer tudo isso pelo meu filho. Sei que não sou perfeita, mas o Senhor tem me ajudado, dia após dia, nesta luta. Por isso e por tudo eu te agradeço:

Obrigada, Senhor, obrigada, de coração. 
Eu Te Amo!



Nenhum comentário:

Postar um comentário